Pluridisciplinar
3..Maio
No Fim Era o Frio
MÃO MORTA E INÊS JACQUES
6ª Feira_21h30
Cine-Teatro Avenida

 “No Fim Era o Frio” é um projecto que junta um grupo de música a um grupo de bailarinos para apresentar uma desconstrução de espetáculo de dança e de música. Contrariamente ao habitual concerto rock, onde uma banda se apresenta a tocar a sua música, trata-se aqui de um espectáculo onde um grupo de bailarinos apresenta a música da banda, dando corpo e movimento ao que esta toca.

O palco funciona assim como um terreiro onde os bailarinos deambulam e a banda cria o cenário que dá sentido a essa deambulação. Uma deambulação que parte de uma narrativa distópica onde conceitos como aquecimento global ou subida das águas do mar servem para um questionar e decompor de diferentes paradigmas do quotidiano. Trata-se de paradigmas que nos rodeiam e com os quais nos relacionamos e que todos os dias replicamos, criando com eles uma familiaridade tal que nos impede, muitas vezes, de deles tomar verdadeira consciência.

Por isso queremos dar-lhes visibilidade, desviando-os para um outro enquadramento onde a familiaridade ganha a estranheza que permite a sua percepção.Mas esta é uma percepção demencial, num horizonte ficcional que nunca sabemos se é real ou delirante e onde as composições criadas com os padrões deslocalizados da sua primitiva função dão novas vidas e leituras ao frio cosmológico e à solidão humana, aqui ecos de uma mesma inadaptação existencial e vazio afectivo.

_

Entrada: €12,00